Tags

, , ,

Valdemiro Teixeira, ou ainda Waldemiro Teixeira, conforme encontrado em algumas publicações, nasceu no bairro do Meier, Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ), em 9 de fevereiro de 1925.

Mirim apareceu para o futebol no início da década de 40, nos quadros amadores do Manufatora Futebol Clube, o popular alvirrubro da cidade de Niterói.

Sobre o apelido “Mirim”, uma das mais curiosas versões foi divulgada pela antiga revista O Globo Sportivo. Ansioso por ser aprovado nas fileiras do Manufatora de Niterói, Valdemiro foi categórico aos amigos que o acompanhavam:

– Se for preciso eu jogo até com a gurizada da categoria mirim. Só não aceito sair daqui frustrado! 

O certo é que o espigado Mirim continuou no Manufatora até ser encaminhado ao Fluminense Football Club. Com muito esforço, seu futebol foi aproveitado no quadro de Aspirantes e posteriormente no elenco principal.

Mirim marcou época no futebol carioca e participou da inauguração do Maracanã. Crédito: revista Seleções – 1950.

Crédito: reprodução revista O Globo Sportivo.

Atuando como zagueiro e em algumas oportunidades pela meia-cancha, Mirim fez parte do grupo tricolor campeão carioca de 1946.

No ano seguinte foi emprestado ao Bonsucesso para disputar o campeonato carioca de 1947. Abaixo, uma das boas participações de Mirim com a camisa do Bonsucesso:

14 de setembro de 1947 – Campeonato carioca primeiro turno – Bonsucesso 2×1 Bangu – Estádio Conselheiro Galvão – Árbitro: Carlos de Oliveira Monteiro, o popular “Tijolo” – Gols: Nerino (2) para o Bonsucesso e Cardoso para o Bangu.

Bonsucesso: Max, Nanatti e Hernandez; Cambuí, Mirim e Wilson; Nerino, Zé Luiz, Ubaldo, Flávio e Eunápio. Bangu: Rossari, Italiano e Bilulu; Sula, Januário e Adauto; Sonô, Ubirajara, Cardoso, Moacir Bueno e Calixto.

Crédito: reprodução revista Esporte Ilustrado número 630 – 4 de maio de 1950.

Combinado Bangu-São Paulo. Em pé: Rui, Mirim, Poy, Mauro Ramos de Oliveira, Pinguela e Bauer. Agachados: Alcino, Bibe, Dido, Teixeirinha e Nívio. Crédito: revista Esporte Ilustrado.

Mais experiente, Mirim voltou ao time das Laranjeiras em 1948. Com o interesse declarado dos dirigentes do Bangu Atlético Clube, Mirim assinou com o time de “Moça Bonita” em fevereiro de 1949.

Conforme publicado pelo site bangu.net, a primeira participação pelo Bangu aconteceu no amistoso disputado em 31 de março, no Estádio de General Severiano, um empate em 2×2 contra o Flamengo.

Ao lado de Guálter e Pinguela, Mirim formou uma boa linha média e viveu um grande momento. A boa fase foi reconhecida com sua convocação para o selecionado de “Novos” que inaugurou o Maracanã, em junho de 1950.

Naquela jornada festiva, os cariocas foram derrotados pelos paulistas por 3×1, com Didi marcando o primeiro gol do Maracanã.

O clima de euforia tomou conta da Capital Federal com o nascimento do gigante de concreto armado, o estádio que já foi considerado o “Maior do Mundo”.

Figurinha de Mirim no Bangu. Crédito: albumefigurinhas.no.comunidades.net.

Uma das formações do Vasco da Gama em 1953. Em pé: Mirim, Ernani, Haroldo, Eli, Danilo e Jorge. Agachados: O massagista Mário Américo, Sabará, Maneca, Ipojucan, Pinga e Djair. Crédito: revista Placar – 50 times do Vasco.

Bem treinado pelo técnico Ondino Vieira, o Bangu largou muito bem no campeonato carioca de 1950. Campeão do Torneio Início, o time alvirrubro realizou grande campanha e terminou na terceira colocação da competição.

Em 1951, com o futebol experiente de Mirim, Zizinho e Décio Esteves, o Bangu faturou o Torneio Início do Rio-São Paulo e foi vice-campeão carioca.

Ainda em 1951, Bangu e São Paulo formaram o famoso combinado que encantou o público nos gramados da Europa. Com o comando de Leônidas da Silva, o combinado disputou 13 jogos com 9 vitórias, 2 empates e 2 derrotas.

Após o vice-campeonato carioca de 1951, o desempenho do Bangu despencou. Mesmo assim, o técnico Ondino Viera se manteve no cargo até o final do campeonato carioca de 1952, ano em que Mirim defendeu o Palmeiras no segundo semestre.

Com a camisa do Bangu, Mirim disputou 125 jogos com 67 vitórias, 25 empates, 33 derrotas e 4 gols marcados. Os números foram publicados pelo site pelo site bangu.net.

Crédito: revista Esporte Ilustrado número 791 – 4 de junho de 1953.

Partindo da esquerda; Osvaldinho, Dequinha e Mirim no selecionado carioca. Crédito: revista Esporte Ilustrado número 887 – 7 de abril de 1955.

Depois da rápida passagem pela Sociedade Esportiva Palmeiras, Mirim voltou ao cenário carioca em 1953, quando acertou suas bases financeiras com o Club de Regatas Vasco da Gama.

Mirim viveu bons momentos em São Januário, até ser transferido para o Sport Club do Recife, época que também defendeu o selecionado pernambucano no campeonato brasileiro de seleções.

Em seguida passou pelo futebol mineiro trabalhando como treinador no Alfenense Futebol Clube e no Guarani (MG).

Aposentado e com problemas de saúde, Mirim passou seus últimos dias na cidade mineira de Alfenas, onde inclusive recebeu o título de “Cidadão Alfenense” em 2006.

Valdemiro Teixeira faleceu no dia 13 de dezembro de 2006, em Alfenas (MG). 

Mirim e Dequinha, antes do confronto entre cariocas e pernambucanos pelo campeonato brasileiro de seleções de 1956. Os cariocas venceram por 4×0. Crédito: revista Manchete Esportiva número 66 – Fevereiro de 1957.

O selecionado de Pernambuco. Em pé: Caiçara, Aníbal, Lula, Zequinha, Aldemar e Mirim. Agachados: Traçaia, Soca, Gringo, Rubinho e Géo. Crédito: museudosesportes.blogspot.com.br.

Créditos de imagens e informações para a criação do texto: revista Placar (por Fausto Neto, Mílton C. Carvalho e Palmério Dória), revista do Esporte, revista do Fluminense, revista Esporte Ilustrado, revista Manchete, revista Manchete Esportiva, revista O Cruzeiro, revista O Globo Sportivo, revista Seleções, revista Vida do Crack, Jornal do Brasil, Jornal dos Sports, Jornal Mundo Esportivo, Jornal O Globo, acervo.oglobo.globo.com, bangu.net, cacellain.com.br, campeoesdofutebol.com.br, globoesporte.globo.com, kikedabola.blogspot.com.br, museudosesportes.blogspot.com.br, netvasco.com.br, site do Milton Neves (por Henrique Veltman), vasco.com.br, albumefigurinhas.no.comunidades.net.

Anúncios